Uma  mega operação desencadeada pela equipe do serviço reservado da Polícia Militar de Parnaíba, sob o comando do Tenente Souza Filho, com apoio da Força Tática e do Grupamento de Atendimento Especializado à Criança, ao Idoso e à Mulher, (GAECIM), terminou com a prisão de quatro homens suspeitos de integrar a facção criminosa Comando Vermelho, na manhã dessa sexta-feira (19).

 

 

Os policiais receberam uma denúncia anônima de que um veículo ocupado por quatro pessoas circulava pelo Bairro Alto Santa Maria em atitude suspeita. Ao avistar o automóvel, foi dada ordem de parada, momento em que os suspeitos saíram correndo de dentro do carro, que colidiu contra um muro.

Os envolvidos foram conduzidos para a Central de Flagrantes.

Após serem capturados e serem realizados levantamentos, a Polícia descobriu que dois envolvidos, que se identificaram como Raimundo Nonato Sousa Filho e Tiago Silva Menezes Fontenele usavam identidades falsas. Os nomes verdadeiros deles foram descobertos pelos policiais em seguida. Eles foram identificados como Adriano do Amaral de Sousa, conhecido como “Loirão”, de 34 anos, e Orlando de Souza Filho, de 29, conhecido como “Orlandinho de Sobral”. Os outros foram identificados como Francisco Bruno dos Santos de Castro, 18 anos e Romário Ferreira da Silva, de 27. Todos que foram conduzidos são cearenses.

 

 

De acordo com informações, no celular de um dos suspeitos, a Polícia encontrou troca de mensagens que dão fortes indícios sobre o envolvimento dos homens com a facção criminosa.

 

 

Contra  Adriano Amaral de Sousa já havia um mandado de prisão em aberto, sendo que apenas ele ficou preso, os outros suspeitos foram liberados. As investigações seguem para que outros integrantes do crime organizado na cidade sejam presos.