Jorge Tadeu Rodrigues do Santos, 20 anos; Lúcio Silva Rodrigues, 31 anos, conhecido como “Lúcifer” e Paulo Igor de Sousa Lima, 23 anos.

A Polícia Militar conduziu para a delegacia um trio, acusado de porte ilegal de arma de fogo por volta das 12h desta quarta-feira (12), que foi detido no conjunto habitacional Porto das Barcas, bairro Planalto, em Parnaíba. 

Lúcio Silva Rodrigues, 31 anos, conhecido como “Lúcifer”, pela polícia; Paulo Igor de Sousa Lima, 23 anos; e Jorge Tadeu Rodrigues do Santos, 20 anos, foram presos após um trabalho de investigação do Serviço de Inteligência da Polícia Militar com apoio da Força Tática e da Polícia Comunitária. 

Na residência onde estava Lúcio Rodrigues foram apreendidos dois revólveres de calibre 38, uma pistola Ponto 40, 24 munições de calibre 38 e 10 de calibre Ponto 40, R$ 1.094 em dinheiro e documentos. 

Segundo o capitão da Polícia Militar, Danilo Palhano, coordenador do Serviço de Investigação, Lúcio, é de Limoeiro do Norte do Ceará, e portava uma pistola Ponto 40 da Polícia Civil do estado de Goiás. Ressaltou que ele é suspeito de ter vindo assassinar uma pessoa pública que concorre a um cargo eletivo em Parnaíba. 

Rodrigues, o acusado, declarou que veio morar com a esposa, comprou, em Fortaleza, a pistola por R$ 400 e o revólver de calibre 38 por R$ 200,00. Disse ainda que não pretendia matar ninguém e alegou que a posse das armas se deve aos seus inimigos. Quanto aos antecedentes criminais, afirmou que já respondeu pena por tráfico de drogas e que agora estava trabalhando como mototaxista. O caso foi levado para Central de Flagrantes para realização dos procedimentos.  

Closeup photo of young woman picking sanitary pad out of green packet. Hygiene feminine menstruation pads concepts.
Closeup photo of young woman picking sanitary pad out of green packet. Hygiene feminine menstruation pads concepts.

Fotos: Daniel Santos